Scanner para leitura de proteína em forrageiras favorece nutrição de precisão para bovinos a pasto

Com a nova tecnologia é possível medir o valor proteico-nutricional das pastagens

Nos dias atuais, o uso da tecnologia nas propriedades é indispensável para uma pecuária de precisão. A Premix, empresa sediada em Ribeirão Preto (SP), passa a fazer uso de um equipamento inovador: o scanner para leitura de proteína em forrageiras.

Foto: DINO

Com a nova tecnologia, que será utilizada em propriedades de todo o Brasil, será possível medir o valor proteico-nutricional das pastagens, tornando possível a realização dos ajustes detalhados nos projetos de suplementação para bovinos em pastejo.

Segundo Lauriston Bertelli, diretor Técnico e P&D da Premix, a empresa é a única do segmento de nutrição animal do Brasil a adotar o uso desse equipamento, que vai favorecer a nutrição de precisão para bovinos a pasto. “O diferencial dessa tecnologia é a medição, que é instantânea. Isto promove agilidade, economia de tempo e retorno técnico econômico mais preciso ao produtor”, explica.

Fonte: Terra

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.