Casal encontra larvas em Kinder Ovo em São Paulo

De acordo com a marca Kinder, o cliente já foi contactado para esclarecimentos e este caso não tem nada a ver com o recall por suspeita de salmonella na Europa

Depois de consumir parte do alimento, eles sentiram dores abdominais e enjoos -  (crédito: Reprodução/Redes Sociais)
Depois de consumir parte do alimento, eles sentiram dores abdominais e enjoos – (crédito: Reprodução/Redes Sociais)

A tradicional troca de chocolates no domingo de Páscoa reservou uma surpresa desagradável para um casal de Itapetininga, no interior de São Paulo. Ao receber um Kinder Ovo de presente da namorada, um homem encontrou larvas vivas dentro do chocolate. O caso foi revelado pelo portal g1.

O Kinder Ovo comprado em uma loja no shopping da cidade, foi fabricado na Argentina, de acordo com o rótulo. Ricardo Romanha foi quem descobriu as larvas no chocolate. Ele contou que dividiu o doce com a namorada e eles chegaram a comer uma parte antes de perceber que algo estava estranho. “Metade eu entreguei para a minha namorada e fiquei com a outra. Quando eu coloquei aquilo na boca, vi as larvas se mexendo na outra parte e joguei o chocolate no chão. Minha namorada também já estava mastigando. Foi nojento. Uma sensação horrível”, lembrou o estudante de engenharia.

Depois de consumir parte do alimento, eles sentiram dores abdominais e enjoos, por isso decidiram guardar o produto para pedir o reembolso na loja em que compraram. Além disso, Ricardo disse que pretende comunicar a empresa fabricante sobre o ocorrido.

A marca Kinder Ovo emitiu uma nota dizendo que tomou conhecimento sobre o caso e que já está em contato com o cliente para entender a situação (leia a nota na íntegra abaixo).

Não tem relação com os casos de salmonella

Uma semana antes da Páscoa veio à tona diversas contaminações por salmonella após consumo dos chocolates Kinder Ovo na Europa. Cerca de 150 casos foram detectados em nove países europeus, sendo eles Espanha, França, Alemanha, Bélgica, Irlanda, Luxemburgo, Noruega, Holanda e Suécia. A maioria das infecções ocorreu em crianças menores de 10 anos.

Os chocolates contaminados foram fabricados na Bélgica e o Brasil não está entre os países em que o produto foi distribuído. Mesmo assim, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) afirmou que acompanha o surto de salmonella após alerta da Rede Internacional de Autoridades de Segurança Alimentar (Infosan).

De acordo com a nota emitida pela marca Kinder este caso das larvas não tem relação com o recall por suspeita de salmonella realizado em outros países. “A marca Kinder reforça que a Resolução-RE nº 1.233, divulgada pela Anvisa na noite de quinta-feira (14/4), refere-se exclusivamente aos produtos Kinder fabricados em Arlon, na Bélgica, e que estes não são distribuídos pela Ferrero no Brasil”, garantiu a empresa.

“Reiteramos que nossos produtos são fabricados com os mais rígidos controles de qualidade existentes e que o caso não tem qualquer relação com o recall por suspeita de salmonella realizado em outros países”, ressaltou.

Leia nota da íntegra:

A marca Kinder esclarece que tomou conhecimento do caso relatado por Rafael Romanha de Oliveira por meio de reportagem veiculada pelo portal G1 nesta segunda-feira (18) e destaca que, antes disso, não recebeu qualquer queixa envolvendo o consumidor via SAC.

A empresa informa que já está em contato com o cliente para entender a situação. Reiteramos que nossos produtos são fabricados com os mais rígidos controles de qualidade existentes e que o caso não tem qualquer relação com o recall por suspeita de salmonella realizado em outros países.

A marca Kinder reforça que a Resolução-RE nº 1.233, divulgada pela Anvisa na noite de quinta-feira (14), refere-se exclusivamente aos produtos Kinder fabricados em Arlon, na Bélgica, e que estes não são distribuídos pela Ferrero no Brasil. A marca destaca ainda que os chocolates vendidos pela Ferrero do Brasil no País são seguros para consumo.

Fonte: Correio Braziliense

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.